Nova Ubiratã

Profissionais da educação de Nova Ubiratã saem vitoriosos após dois dias de greve

Greve

Publicado em: 05 de Julho de 2018
Foto Por: Ilustrativa
Fonte: Redação
(Profissionais da educação de Nova Ubiratã saem vitoriosos após dois dias de greve)

Após a greve que paralisou as atividades na rede municipal de Nova Ubiratã durante dois dias (2 e 3 de julho), os/as profissionais da educação tiveram progresso nas reivindicações feitas à administração municipal. A intransigência do prefeito Valdenir José dos Santos em negociar com a categoria foi quebrada nesta quarta-feira (04.07), quando em reunião com a presença de vereadores do municípios, foi apresentada uma contraproposta que avançou nas negociações e levou a suspensão da paralisação.

O documento apresentado pela Prefeitura sinaliza o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA) da inflação de 2017, 1,97%. E ainda, determina a formação de uma comissão para avaliar a disponibilidade financeira do município com objetivo de pagar os 6,81% determinados pela Lei do Piso Salarial Nacional e o pagamento retroativo do percentual da RGA de janeiro a julho. A contraproposta avança para negociação da a unificação da carreira, incluindo os/as funcionários/as da escola no Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) dos profissionais da educação.  

Para o vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT), Valdeir Pereira, o resultado da luta revela quanto são guerreiros e guerreiras os profissionais da educação, que mostraram força diante da truculência e arrogância do Poder Executivo e secretários do município de Nova Ubiratã”, disse.