Mato Grosso

Maior eclipse lunar do século poderá ser visto hoje em MT

LUA DE SANGUE

Publicado em: 27 de Julho de 2018
Foto Por: Marcello Casal jr/Agência Brasil/Agência Brasil
Fonte: Diario de Cuiaba
Maior eclipse lunar do século poderá ser visto hoje em MT

Os mato-grossenses poderão acompanhar no céu desta sexta-feira um dos eventos astronômicos mais impressionantes previstos para este ano. Trata-se de um eclipse lunar, fenômeno apelidado de “lua de sangue” e que ocorre quando a Lua fica na sombra da Terra em relação ao Sol, adquirindo um tom avermelhado. No Estado, não será possível ver o ápice do fenômeno, momento reservado para o leste do país, mas sua parte final ou parcial ficará visível, às 18h19min (horário local).

Segundo o Observatório Nacional (ON), localizado no Rio de Janeiro (RJ), será o eclipse lunar total mais longo do século 21. Isso por que, conforme a pesquisadora do ON, Josina Nascimento, por uma questão de geometria. “Nesse eclipse, a Lua vai passar bem no centro da sombra da Terra e o eclipse total terá duração de 1h43. Esse tempo pode ser inversamente bem pequeno como, por exemplo, o eclipse que aconteceu em abril de 2015, cuja fase total teve duração de cinco minutos”.

Então, para ver a Lua ainda no eclipse total, é preciso que as pessoas busquem um local onde é possível ver o céu perto do horizonte a leste. Conforme o ON, o início da fase total do eclipse será às 16h30 (horário de Brasília). Após, a Lua começará a sair da sombra mais escura (umbra) e isso marca o início do eclipse parcial, que vai até às 19h19 (às 18h19 hora local). Nesse instante, a Lua começa a entrar na sombra mais clara (penumbra) e isso marca a fase penumbral do eclipse, que vai terminar às 20h29 (19h29 de MT).

A lua poderá ser observada a olho nu, por se tratar de um astro imensamente brilhante. Mas, se a pessoa preferir pode usar binóculos ou, se tiver, telescópios. Segundo Josina Nascimento, o próximo eclipse total da Lua será na noite de 20 para 21 de janeiro de 2019, quando o Brasil inteiro verá o eclipse total da Lua do início ao fim.

Segundo especialistas, ainda que aspecto mais chamativo do fenômeno seja o espetáculo de sua cor, o eclipse também é útil para que os cientistas possam conhecer melhor o estado da atmosfera terrestre. A intensidade do vermelho depende do estado da atmosfera terrestre.

Além disso, um aspecto muito interessante é que um eclipse lunar pode informar sobre o estado do buraco na camada de ozônio. O fenômeno completo durará 3 horas e 55 minutos se for levado em consideração o tempo de penumbra, ou seja, o momento em que a Lua passa pela área mais clara da sombra terrestre. A África, o Oriente Médio e alguns países da Ásia central são os lugares onde o eclipse será totalmente visível.

O que é

Eclipse da Lua ocorre quando a Lua passa pela sombra da Terra. O título “lua de sangue” se deve ao efeito laranja avermelhado que a Lua assume durante o eclipse total. Na fase de totalidade, quando toda a Lua está mergulhada na umbra, é possível ver a Lua sem receber luz direta do Sol, mas alguma luz do Sol atinge a superfície da Lua através da atmosfera da Terra e algumas faixas de frequência da luz solar são filtradas, exatamente como acontece nos crepúsculos matutino e vespertino que as pessoas estão acostumadas a ver antes do nascer do Sol e após o pôr do Sol.