Mato Grosso

Sílvio abre mão da presidência da AL para compor com Janaina e derrotar Botelho

Publicado em: 22 de Janeiro de 2019
Fonte: RDNews

deputado estadual diplomado Sílvio Fávero (PSL), que se articula para disputar a presidência da Assembleia e já contaria com o voto de 11 dos 14 eleitos para iniciar o primeiro mandato no próximo dia 1º de fevereiro, aceita recuar da candidatura para apoiar Janaina Riva (MDB). Exige como compensação a Primeira-Secretaria, que é responsável pela ordenação de despesas do Poder Legislativo.   

Sílvio Fávero acredita que a composição com Janaina agregaria mais cinco ou seis votos, garantindo a maioria para derrotar o presidente da Assembleia Eduardo Botelho (DEM). O democrata é candidato à reeleição e integrantes do seu grupo político afirmam contar com 18 votos entre os 24 possíveis.

A composição de Botelho, que contaria com aval do governador Mauro Mendes (DEM),  teria Janaina como primeira-vice-presidente.  A Primeira-Secretaria deve ficar sob a responsabilidade de Max Russi (PSB).

“Não tenho problema nenhum em compor com a Janaina. Posso abrir mão da presidência para compor e ampliar o número de votos para assegurar a vitória.  Preciso sentar com os 14 novatos para discutir o assunto. A maioria decide”, declarou Sílvio Fávero.

Ocorre que a aliança com Janaina desagrada a direita conservadora  que se organiza no PSL e apoia o presidente de República Jair Bolsonaro (PSL). Isso porque a emedebista é feminista, defende pautas progressistas e chegou a ser madrinha da Parada LGBT em Cuiabá.  

Além disso, Sílvio Fávero tem defendido independência perante o Governo Mauro Mendes e se posicionado contra medidas de ajuste fiscal que atingem o funcionalismo público. Já o presidente do PSL em Mato Grosso, deputado federal diplomado Nelson Barbudo, tem declarado que a sigla está disposta a ajudar o governador a fazer as reformas que propõe.

Novato

Ex-vice-prefeito de Lucas do Rio Verde, Sílvio Fávero rompeu com o prefeito Luiz Binotti (PSD) no primeiro mês de gestão por divergências administrativas. Neste ano, foi eleito com 12.059 votos e tem como colega de bancado do PSL o Delegado Claudinei, de Rondonópolis.