Mato Grosso

Bebê morre com suspeita de H1N1 em Alta Floresta

H1N1

Publicado em: 03 de Maio de 2018
Foto Por: Ilustrativa
Fonte: Olhar Direto
Ilustrativa

Uma bebê de um ano e seis meses, morreu, no Hospital Regional Albert Sabin, em Alta Floresta, com suspeita de ter contraído o vírus influenza tipo H1N1. A confirmação deverá ser feita após resultados dos exames enviados para a Vigilância Epidemiológica.

Sorriso: exames confirmam que professora morreu com influenza

A direção do hospital disse que a criança deu entrada no sábado (27), com um quadro de gripe. Ela também foi diagnosticada com pneumonia, que evoluiu tomando conta dos pulmões. O quadro evolui rapidamente, e a criança não resistiu e foi óbito. Exames foram feitos e enviados para a Vigilância Epidemiológica. Os resultados devem sair em até 30 dias.

Boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria do Estado e Saúde (Ses), aponta que até o dia 27 março, Mato Grosso, já possuía um total de 102 casos notificados. No total, desse quantitativo, 15 pessoas vieram a óbito, o que corresponde a 14,70% do total de casos suspeitos e outros sete casos, até então, estavam em investigação.

A campanha de prevenção começou no último dia 23. As doses serão distribuídas para os municípios durante o final de semana pela Vigilância e com o apoio dos Escritórios Regionais de Saúde. Do total de óbitos, 01 foi confirmado como gripe influenza A não subtipado (6,66%), 01 por influenza A por H1N1 (6,66%), 01 por influenza B (6,66%), 06 Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) não especificado (40%) e sete óbitos (46,66%) estão sob investigação.