19 de setembro de 2021

Nova Ubiratã

Mato Grosso

Ativada a Base Aérea de Combate a Incêndios Florestais

Foto por: Assessoria

Foi ativada nesta manhã (26) a Base Aérea de Combate a Incêndios Florestais de Sorriso, (CIF), Temporada 2021. A partir de hoje (26), duas aeronaves modelo Air Tractor 802 F, com capacidade de transporte de três mil litros de água para combate aéreo de grandes extensões estarão atuando como suporte a incêndios florestais. O Aeroporto Adolino Bedin, de Sorriso, é local da sede do hangar do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e do Grupo de Aviação Bombeiro Militar (GAvBM).

De acordo com o comandante geral do Corpo de Bombeiros do Estado, coronel BM Alessandro Borges Ferreira, as aeronaves disponibilizadas são as mais eficazes para a ação. “Uma delas é do Corpo de Bombeiros e a outra foi locada pelo Estado”, explica.

O coronel frisa que mais duas bases como essa também irão operar no Estado. “A base sediada em Sorriso irá atender a região Norte e a Amazônia Legal”, detalha. Além desta, Santo Antônio do Leverger sediará uma base que atenderá o Pantanal e as regiões Sul e Oeste do Estado e a terceira base, que será instalada em Água Boa, atenderá a região do Araguaia e os demais locais do Mato Grosso.

Segundo Alessandro, em 2020 o Estado investiu R$ 50 milhões no combate a incêndios florestais e neste ano já foram investidos R$ 73 milhões. “Ano passado tivemos uma estiagem intensa e que está se repetindo em 2021”, pontua. Só no primeiro semestre de 2021, foram catalogados 470 focos de incêndio no Estado; no período, o Corpo de Bombeiros já aplicou R$ 30 milhões em multas.

“Aproveitamos para agradecer o apoio do prefeito de Sorriso, Ari Lafin e do prefeito Miguel Vaz, de Lucas do Rio Verde, que estiveram presentes no evento e tem nos apoiado continuamente”, pontua Alessandro.

O prefeito de Sorriso, Ari Lafin, pontua que as entidades estão unidas para cuidar e preservar. Ari apresentou o Comitê Integrado de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais e Urbanos criado por Sorriso em abril. “A intenção é atuar tanto na prevenção de incêndios por meio da sensibilização de toda a comunidade, como também agir de maneira articulada e imediata no combate a possíveis incêndios em parceria com os órgãos competentes, produtores rurais e Sindicato Rural”, detalha.  Para o prefeito, a preservação da floresta é indispensável para o agronegócio, e este só é rentável quando alicerçado nos princípios da sustentabilidade.

“Sabemos o quanto esse período é crítico. Estamos pensando na preservação ambiental, no agronegócio sustentável. Mas vai além disso: precisamos que todos tenham consciência ambiental e não provoquem incêndios, quer seja ou urbano ou florestal, pois temos também os prejuízos à saúde da população com muitas pessoas, principalmente crianças e idosos, sofrendo com a fumaça”, acrescenta Ari.

Também presente no evento, o secretário-adjunto de Defesa Civil do Estado, coronel BM César Brum, pontua que este é um trabalho realizado em parceria. “É um conjunto de esforços entre a Prefeitura que disponibilizou o local para a Base e que vem dando a manutenção e o Governo do Estado que irá investir R$ 7 milhões na contratação de 700 horas de voo para combate a incêndios nesta região”, detalha.

Também acompanharam o evento o coronel BM Giovane Eggers, responsável pelo Comando Regional III; a tenente-coronel BM Daniele Cristina Lima Ferreira, chefe de Estado Maior do Corpo de Bombeiro Militar de Rondônia;  além de demais autoridades do Corpo de Bombeiros do Mato Grosso e das forças policiais civil e militar do Estado; Defesa Civil Municipal; vereadores e representantes de entidades de classe.

 

Fonte: Assessoria

Escrito por: Assessoria

Somos o Ubiratã News, um site de notícias que tem o prazer
em dar a notícia, receber as opiniões de vocês amigos
leitores, onde podemos debater ideias