Emanuel afirma que parte do DEM que lhe interessa já o apoia

Prefeito de Cuiabá disse que número de democratas simpáticos à reeleição só aumenta

Publicado em: 03 de Fevereiro de 2020
Foto Por: CAMILA RIBEIRO
Fonte: CAMILA RIBEIRO

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) alfinetou as declarações de alguns membros do DEM que, reiteradas vezes, afirmam que o partido não apoiará uma eventual candidatura do emedebista à reeleição.

 

Emanuel admitiu ter usado parte do descanso, na semana retrasada, para pensar a respeito da disputa eleitoral que se avizinha.

 

“Nesse tempo fiquei pensando e reparando que toda semana, duas ou três vezes por semana falam: ‘O DEM não está com Emanuel’. Mas me digam que dia eu falei que quero o apoio. Quem eu quero já está comigo espontaneamente. Então não preciso ter essa preocupação”, disse o prefeito.

“Quem tem postura, quem tem posição, quem é povão como eu, que gosta de trabalhar, gosta de gente, que quer ajudar os mais carentes, já está comigo. Então por que ficam falando toda hora? Não pedi apoio. Sem contar que nem decidi se serei candidato ainda”.

 

O prefeito disse ainda que, a cada dia, aumenta o número de democratas simpáticos à sua candidatura à reeleição.

 

Entre os nomes já citados por ele, estão o do senador Jaime Campos, o ex-governador Júlio Campos, o presidente da Assembleia Legislativa Eduardo Botelho, o deputado Dilmar Dal Bosco, entre outros.

 

“Sabe por que alguns insistem em falar toda semana que o DEM não estará junto com Emanuel? Porque a última entrevista que dei era 60% do DEM que queria estar comigo, agora já são 80%. O olha que nem decidi”, ironizou o prefeito.

 

Questionado se estaria “dispensando” um possível apoio de líderes como o governador Mauro Mendes e o próprio presidente do DEM em Mato Grosso, Fabio Garcia, o prefeito negou: “Não falei isso”.

 

“Só disse que não procurei. Mas também se não quiser, não tem problema, não pedi. So falei isso, não pedi”, emendou Emanuel.