22 de julho de 2024

Nova Ubiratã

Mato Grosso

MT tem 22 municípios na lista dos que mais desmataram a Amazônia em 2023

Vinte e dois municípios de Mato Grosso passaram a integrar a lista dos locais prioritários para ações de prevenção, monitoramento e controle do desmatamento na Amazônia. A lista foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), na quinta-feira (9).

Com 70 municípios na lista, Mato Grosso é o segundo estado com maior número de municípios, perdendo o primeiro lugar para o Pará, que possui 26 municípios. Os outros estados são Acre (5), Amazonas (9), Rondônia (6) e Roraima, com 2 municípios.

Veja os 22 municípios na lista de ações de controle de desmatamentos florestal:

 

  • Apiacás
  • Aripuanã
  • Bom Jesus Do Araguaia
  • Cláudia
  • Colniza
  • Comodoro
  • Cotriguaçu
  • Feliz Natal
  • Gaúcha Do Norte
  • Juara
  • Juína
  • Marcelândia
  • Nova Bandeirantes
  • Nova Maringá
  • Nova Ubiratã
  • Paranaíta
  • Paranatinga
  • Peixoto De Azevedo
  • Querência
  • Rondolândia
  • São José Do Xingú
  • União Do Sul

 

As listas são atualizadas periodicamente com a entrada ou regresso de municípios do Bioma Amazônia como prioritários para prevenção, monitoramento e controle do desmatamento.

Além dos 22 municípios, nove fazem parte da lista de municípios com desmatamento monitorado e sob controle, são eles:

 

  • Alta Floresta
  • Alto Boa Vista
  • Brasnorte
  • Confresa
  • Porto Dos Gaúchos
  • Santa Carmem
  • São Félix Do Araguaia
  • Tapurah
  • Vila Rica

 

De acordo com a portaria nº 161 de 15 de abril de 2020, os critérios para inclusão de municípios na lista de ações de combate ao desmatamento são:

 

  • Área total de floresta desmatada em 2019 igual ou superior a 80 km²;
  • Área total de floresta desmatada nos últimos três anos igual ou superior 160 km²; e
  • Aumento da taxa de desmatamento em pelo menos três, dos últimos cinco anos.

Fonte: Portal G1

Escrito por: Portal G1

Somos o Ubiratã News, um site de notícias que tem o prazer
em dar a notícia, receber as opiniões de vocês amigos
leitores, onde podemos debater ideias